Notícias

Concurso IBGE para 88 mil vagas deverá ter apenas objetivas.

Postado em 9 de março de 2016
imagesOs próximos três concursos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que visarão à contratação temporária de 88.439 pessoas para atuarem no Censo Agropecuário e nas pesquisas econômicas e sociodemográficas, deverão ter a mesma estrutura da seleção em andamento, para 1.409 contratos temporários. A informação, do coordenador de Recursos Humanos do IBGE, Bruno Malheiros, é importante para quem deseja estudar antecipadamente. Se isso se cumprir, os concorrentes serão avaliados somente por meio de prova objetiva, composta, provavelmente, por 60 questões. As disciplinas do concurso aberto são Língua Portuguesa, Noções de Administração e Situações Gerenciais, Raciocínio Lógico e Conhecimentos Específicos, dependendo da função.
Malheiros não revelou, porém, se essas matérias serão mantidas. O próximo edital do IBGE será para 18.214 vagas, sendo 5.500 de agente censitário municipal (nível médio), 12.540 de agente censitário supervisor (médio) e 147 de agente censitário de informática (médio/técnico). Os ganhos deverão passar de R$2.018. Em seguida, serão divulgadas as regras da seleção para 62.400 vagas de recenseador, de nível fundamental, cujo rendimento varia de acordo com o número de pesquisas, podendo chegar a R$3 mil. Ambos os editais precisam ser divulgados até 14 de junho, seis meses após a publicação da portaria de autorização do Ministério do Planejamento.
No cronograma traçado pelo IBGE e divulgado por Bruno Malheiros, as provas objetivas para 18.214 vagas acontecerão até o fim deste ano, e as de recenseador, no primeiro trimestre de 2017. O próximo passo da fundação rumo à divulgação do edital para mais de 18 mil vagas é ter o projeto básico aprovado pelo setor de licitação e contratos, para enviá-lo às candidatas a organizarem a seleção. Ainda não há um prazo para isso, mas a definição deverá ocorrer em curto período.
Mais 7 mil vagas – O IBGE também abrirá, até 6 de julho, concurso para 7.825 vagas temporárias, visando às pesquisas econômicas e sociodemográficas. É necessário definir a organizadora, além da distribuição das vagas pelo país e dos salários. Haverá 25 vagas de supervisor de pesquisa por telefone, para graduados em áreas ainda não informadas; 300 de agentes de pesquisa por telefone e 7.500 agentes de pesquisa e mapeamento, ambos de nível médio, havendo no primeiro a exigência de experiência de um ano. Os selecionados nos três próximos concursos serão contratados por até um ano, com possibilidade de prorrogação, até o limite de três, tendo direito a 13º e férias, além de auxílio-alimentação de R$458.
FONTE: Folha Dirigida
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2011. Central de Cursos -Todos os direitos reservados. Entre em contato.
Avenida São Geraldo, 363 - Centro - Vitória da Conquista/BA - (77) 3424-9961

VOCEVE